logo


Plano de Negócios (Business Plan)

Ferramenta de planejamento inicial por meio da qual são documentadas todas as necessidades da empresa, possibilitando aos seus administradores, sócios, investidores etc uma visão sistêmica para que possam avaliar sua viabilidade sob a ótica da estrutura, da operacionalização, das finanças, da administração, da estratégia, de sua atuação no mercado e do seu know-how. O Plano de Negócios traz uma exposição, de modo organizado e alinhado, de todas as etapas do negócio, evidenciando os pontos fortes a serem valorizados, as possíveis fragilidades a serem atacadas, eliminadas ou minimizadas, suprimindo ou, no mínimo, evidenciando o risco a ser aceito para o negócioPartindo da premissa da escassez dos recursos, um plano de negócios pode ter como resultado a aceitação ou não de um projeto antes mesmo do investimento de capital, reduzindo assim as possibilidades de falhas em seu investimento. Além disso, o plano de negócios pode sinalizar não só a necessidade de revisão de conceitos, mas também a de se promover mudanças no ambiente da empresa.

Planejamento Estratégico

Segundo Philip Kotler*, o planejamento estratégico é  “uma metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela organização, visando ao maior grau de interação com o ambiente”.

Com base nesse contexto, é imprescindível que qualquer empresa, independente de seu porte, trace seu caminho para um horizonte de curto e longo prazo. E em um ambiente de constantes mudanças econômicas, políticas e alterações nas necessidades de consumo, perceber o cenário ao seu redor pode ser decisivo para o seu negócio. O seu sucesso pode pode ser alcançado por meio de decisões baseadas em um planejamento elaborado antecipadamente, permitindo com que as ameaças se tornem novas oportunidades e os potenciais riscos sejam mitigados.

O Planejamento Estratégico contempla ainda ferramentas de acompanhamento, realinhando possíveis desvios no decorrer do processo, readequando o rumo que está sendo seguido, adaptando-se a essas mudanças externas.

 

Análise Dinâmica de Balanços

Um instrumento poderoso que extrai dados das demonstrações contábeis com o objetivo de gerar informações pertinentes às operações da empresa, objetivando encontrar: necessidade de capital de giro (NCG), capital de giro disponível (CGD) e situação de tesouraria (ST).

Esses indicadores, quando empregados na análise gerencial, servem de base para se avaliar a gestão financeira da empresa. Além disso, permitem ainda que decisões futuras de investimentos sejam tomadas levando em conta os ciclos financeiros e a real possibilidade de se dispor de recursos, considerando o fluxo de caixa.

A Análise Dinâmica de Balanços lhe traz ainda um diferencial perante bancos e grandes fornecedores em futuras negociações, pois você poderá ver como seu negócio será avaliado, evidenciando suas fragilidades e/ou força financeira. A Análise Dinâmica de Balanços também mostra aos investidores e  instituições financeiras  um grau diferenciado de organização e gestão da sua empresa, agregando grande valor às futuras negociações.

 

Nesse sentido, a Wise oferece aos seus clientes os serviços de consultoria na elaboração de Plano de Negócios (Business Plan), Planejamento Estratégico (Strategic Planning) e Análise Dinâmica de Balanços. Essas ferramentas fazem a diferença no sucesso de qualquer empresa.

Solicite uma visita de nossa equipe técnica.

 

Philip Kotler – Mestrado na Universidade de Chicago e seu PhD no MIT, ambos em economia. Ele fez pós-doutorado em matemática em Harvard e em ciências comportamentais na Universidade de Chicago. Foi selecionado em 2005 como o quarto maior guru de negócios pelo Financial Times.

 

 

 

 


loading